Artigos

Direitos Paroquiais ou Contributo Paroquial | 2019

Direitos ParoquiaisÉ costume no mês de Outubro e Novembro de cada ano cada família entregar ao Pároco uma partilha para o seu sustento. Há terras em que se chama a essa partilha “Primícias”, nome relacionado com a entrega dos primeiros frutos colhidos no “São Miguel”; outras chamam-lhe “Côngrua”, nome relacionado com a côngrua {digna, suficiente, justa} sustentação do Pároco; outras chamam-lhe “Avinça”, nome derivado de “Avença” {quantia justa, por serviços prestados durante um certo prazo}. Em Carreço o nome mais usado, pelo menos ultimamente, é “Direitos Paroquiais”, nome que salienta ser um “direito” do Pároco, receber uma contribuição de cada família para o seu sustento. Ultimamente usa-se mais o termo “Contributo Paroquial”, embora em algumas Dioceses portuguesas, onde é ainda tradicional o folar pascal como acontece na Diocese de Viana do Castelo, continua a usar-se “Côngrua Paroquial”, reservando-se o termo “Contributo Paroquial” para a soma da Côngrua mais o folar pascal. O termo “Contributo” salienta mais a necessidade de todos participarem com a sua partilha para algo que é da responsabilidade de todos e diminui a ideia, para alguns odiosa, de obrigatoriedade.

Em 1968, a Conferência Episcopal Portuguesa {CEP}, isto é, o conjunto de todos os Bispos de Portugal, depois de uma análise rápida à situação económica das Paróquias nas Dioceses portuguesas, sugeriram que, para uma digna sustentação dos Párocos, bastaria que cada família contribuísse com o salário de um dia por ano. Foi apenas uma sugestão para servir de ponto de partida para cada família avaliar, em consciência, o que deve partilhar.

Hoje, em vez do “salário de um dia”, será mais adequado falar de “rendimento certo de um dia”, por família. Isto significa, multiplicar o rendimento mensal de todo o agregado familiar por 12 ou 14 meses, conforme os casos, e depois dividi-lo por 365 dias. Nos casos em que as famílias têm membros sem qualquer rendimento e/ou muitas despesas certas e essenciais à sua sobrevivência, parece justo que se divida o rendimento mensal por todos os membros do agregado familiar e se descontem também as despesas certas mensais antes de multiplicarem por 12 ou 14 meses. Se a maioria das famílias desta Paróquia de Carreço fizesse assim, o resultado obtido chegaria não só para o sustento do Pároco, mas também para o pagamento do consumo de electricidade, água, telefone, obras de manutenção, catequese e demais actividades. Além dos ofertórios das missas e de outras ofertas ou aquando da celebração de algum matrimónio, baptismo ou funeral, há a parte que deve ser assumida por todos os Paroquianos.

Salientamos que este texto pretende apenas ajudar à reflexão dos Paroquianos sobre o assunto, deixando sempre à consciência de cada um o quantitativo da sua contribuição.

Assim e face ao atrás descrito, estão os membros do Conselho Paroquial para os Assuntos Económicos, conhecida por Comissão Fabriqueira, Victorino Ribeiro, António Cravo, Ramiro Araújo, Manuel Leite, Ermita Reis e João Pinho, a receber o contributo paroquial das famílias que estão inscritas referente ao corrente ano. O recebimento deste contributo a que estão sujeitos as famílias, teve início no dia 01 de Outubro e termina no dia 30 de mês de Novembro.

AddThis Social Bookmark Button

Festa de São Pedro: Relatório de contas 2019

So Pedro_2019A Comissão de Festas em Honra do Apóstolo São Pedro, apresentou no dia 22 de Setembro do ano em curso, domingo, as contas referentes à festa que decorreu nos dias 06 e 07 de Julho de 2019, que se venera na sua capela, sita no lugar de Troviscoso desta Paróquia, que a seguir se descriminam:

RECEITA:

- Esmola do milho: 342,00 €

- Patrocínios: 500,00 €

- Subscrição: 882,00 €

- Leilão: 414,00 €

- Flor: 100,48 €

- Salva: 150,93 €

- Bar: 1775,70 €

- SOMA: 4165,11 €

DESPESA:

- Curia: 140,00 €

- Cartazes: 20,00 €

- Grupo de concertinas: 200,00 €

- EDP: 86,30 €

- Direitos de Autor: 227,00 €

- Grupo Musical Novo Ritmo: 400,00 €

- Casa Cachada Som: 400,00 €

- Bombos da Ronda Típica de Carreço: 300,00 €

- Fogo-de-artifício: 250,00 €

- Serviço de Bar: 972,21 €

- Serviço Litúrgico ao Altar e à Celebração {Sacristão}: 50,00 €

- Serviços religiosos {Pároco}: 80,00 €

- Grupo Coral Paroquial Litúrgico: 40,00 €

  SOMA: 3165,51 €

  SALDO: 999,60 €

A Comissão de Festas, expressa a todos os devotos do Apóstolo Mártir São Pedro, em particular, aos residentes no lugar de Troviscoso, toda a gratidão pelo apoio prestado, quer nos peditórios, {esmola do milho e subscrição} ofertas para o leilão e aos patrocinadores, desejando-lhes as maiores venturas nos seus negócios, que justificaram o esforço desenvolvido por esta Comissão que agora cessa funções, e que foram a motivação para que, a Festa em Honra deste Santo fosse uma realidade.

A TODOS, MUITO OBRIGADO, BEM HAJAM e que São Pedro vos recompense com a sua intercessão junto de Deus.

AddThis Social Bookmark Button

Renovação de votos de casamento | Bodas de Ouro

Bodas de_Ouro_do_Manuel_e_JoaquinaNo Boletim Paroquial “A “Voz de Carreço” nº 10 e 11 | Ano VI-2ª Série de Agosto/Setembro de 1969, consta:

No dia 14 de Dezembro, contraíram casamento na Igreja, Manuel Alves Gomes e Maria Joaquina Enes Ramos, ambos do lugar de Paçô. No final da cerimónia religiosa, como em todos os casamentos de que o nosso jornal dá notícia, houve um banquete em que tomaram parte numerosos convidados.”

Aos novos lares, «Voz de Carreço» deseja um futuro cheio de venturas

Nota: Este casamento foi celebrado pelo então Pároco, Padre Lourenço Fernandes Alves.

Passados 50 anos de vida em comum, no dia 14 de Setembro de 2019, sábado, este simpático casal, renovou os votos de casamento na mesma Igreja Paroquial, {Santa Maria de Carreço} em cerimónia presidida pelo Pároco, Padre Domingos Lourenço Vieira.

Nesta cerimónia marcaram presença, familiares e amigos do casal.

A Paróquia une-se à acção de graças e felicita este casal por este jubileu.

As Bodas de Ouro, também chamado de “O aniversário de ouro”, é a mais famosa das comemorações relacionadas ao casamento. E não faltam motivos!

Passar meio século no amor com uma pessoa é uma maravilhosa declaração sobre a vida de casado. Ver um jovem casal apaixonado é uma alegria, mas ver um casal de idade no amor é uma bênção.

Eles conseguiram sobreviver meio século de altos e baixos da vida juntos. Quem pensa que a vida de casado é só alegria, engana-se. Um casamento duradouro é feito de muitas batalhas, e de muito esforço para superar as dificuldades. Muitas pessoas, nos tempos actuais, não resistem aos cinco primeiros anos, muito menos dez vezes esse número.

Por isso, um aniversário de casamento é a celebração do amor, confiança, parceria, tolerância e tenacidade. E quando um casal acalenta o seu casamento há 50 anos, certamente merece um grande brinde. Com um pouco de criatividade, o casal, filhos, parentes e amigos podem expressar essa alegria de forma a tornar essa ocasião memorável.

Para eles {Manuel e Mª Joaquina} em nome da Paróquia, os nossos parabéns e votos de muitas felicidades.

AddThis Social Bookmark Button

Comissão de Festas em Honra a Nossa Senhora da Graça | 2020

Comissao sr_da_graca_2020O Pároco, Padre Domingos Lourenço Vieira, nomeou no dia 15 de Agosto de 2019, a Comissão de Festas em Honra de Nossa Senhora da Graça, Padroeira da freguesia de Carreço para o ano de 2020, que a seguir se indica:

Presidente: Joaquim Carlos Almeida Miguelote Castro

Vice-Presidente: Rosa da Conceição Abreu Parente da Cruz Malheiro

Tesoureira: Maria João Silva Martins Basto

Secretário: António Loureiro de Castro Reis

Juíza: Lisete Andreia Pires Araújo

 Lugar de Troviscoso

Mordomas{os}:

- Florinda Lopes Soro

- Maria da Conceição Freixo Pereira

- Paulo Moreira da Costa

- Paulo Soares Enes

- Leonor Enes

- Alexandre Enes

- Gustavo Costa

Lugar de Carreço

Mordomas{os}:

- Carla Alexandra de Sousa Queirós

- Ana Maria Fernandes

- Américo Alves da Rocha

- Alberto Fernandes Moreira Ramos

- Lara Baptista

- Daniela Ornelas

- Susana Ornelas

- Marta Costa

- Cecília Costa

- Vítor Corucho

- André Esteves

- Diogo Sousa

- Francisco Oliveira

- Gonçalo Queirós

- Mateus Arieira

Lugar de Montedor

Mordomas{os}:

- Maria Goreti Traila

- Maria Celeste Dantas

- Margarida Meirim Fernandes

- Françoise Rodrigues

- Daniel Dias Gonçalves

- Armindo da Silva Fernandes Pires

- António Jorge Dantas

- Juliana Fernandes

- Beatriz Pires

- Daniela Vieira Parente

- Bianca Vieira

- Alexandre Miguelote

- Pedro Basto

Lugar de Paçô
Mordomas{os}:

- Maria José Valença Martins Vieira

- Ana Maria Figueiras Rodrigues

- Marco Filipe Ramalho Baganha

- António Manuel Pinheiro Ramalho

- Margarida Souto

- Carolina Vieira Simões

- Beatriz Oliveira

- Carolina Oliveira

- João Pedro Souto

- Francisco Palhares

e todos aqueles que por devoção, queiram servir.

AddThis Social Bookmark Button

Festas em Honra de Nossa da Graça | Informação

Festa de_Nossa_Senhora_da_Graca_2019O Conselho Paroquial para os Assuntos Económicos desta Paróquia, conhecida por Comissão Fabriqueira e Entidade Organizadora das festas em Honra à nossa Padroeira - Nossa Senhora da Graça - para Agosto próximo, informa o seguinte:

1 - Todos os que pretendam CONTRIBUIR com a Subscrição {que habitualmente era feita de porta a porta} para ajuda com os custos das festividades, deverão deixar o seu contributo/donativo numa caixa colocada para o efeito no Altar das Almas da Igreja Paroquial, ou então, noutras caixas que se encontram colocadas na Junta de Freguesia, Posto Médico e Climecedes.

2 - Ainda se encontram disponíveis alguns andores para oferta das flores. Caso alguém pretenda oferecer flores por favor falar com João Pinho.

3 - Os figurantes da Solene Procissão, deverão inscrever-se com a brevidade possível, a fim de serem alugados os fatos em tempo útil.

Antecipadamente o Conselho Paroquial para os Assuntos Económicos, fica grato pela generosidade de toda a Comunidade Carrecence para que, as Festas em Honra de Nossa Senhora da Graça, sejam mais uma vez, uma realidade.

AddThis Social Bookmark Button