Êxito do “Pra onde vais Fagundes?!” no Teatro Municipal Sá de Miranda!

FagundesO espectáculo apresentado pelo grupo de Teatro da Sociedade de Instrução e Recreio de Carreço no dia 25 de Janeiro de 2020 no Teatro Municipal Sá de Miranda em Viana do Castelo, foi sem dúvidas uma revelação para muitos dos espectadores que encheram o teatro para assistir  ao “Pra onde vais Fagundes?!”.

Um texto excelente do vianense  Manuel Quintas Neves, que sendo sobre uma figura incontornável de Viana do Castelo, faz o paralelismo com personagens reais de uma forma bem pensada e divertida.

{“Pra onde vais Fagundes?!” poderá ter sido a dúvida do séc. XVI, mas com certeza será pergunta iminente do séc. XXI} assim descreve um dos amigos do autor que assistiu ao espectáculo e não deixa de ter razão já que o enredo termina com uma dança das estátuas que existem na cidade e que não param em lugar nenhum por muito tempo, como é o caso singular de João Alvares Fagundes. Diria mais este quadro final é soberbo, pois nele se desenvolve uma critica mordaz a toda esta loucura dos políticos e  dos paisagísticos  com responsabilidades nesta cidade e que nunca param de alterar a localização das  referidas estátuas!

Sobre a encenação apraz referir que o encenador António Neiva agarrou vem o texto e com uma jogo teatral deu vida a uma “epopeia teatral Fagundiana” como ele a define. Muito boa movimentação dos actores nos jogos desenvolvidos em palco, se bem que por vezes com falta de ritmo, mas que no resultado final muito positivo !

Cénicamente foi bem conseguida a forma como através de imagens projectadas num tule negro misturadas com os adereços cénicos iluminados por trás  do tule e de forma acutilante transporta-nos  para imaginários que enriquecem o espectáculo. Guarda roupa bem elaborado e então na cena final com as estátuas sem dúvidas fantástico!

A equipa de actores amadores {amantes}, comportaram-se em palco como verdadeiros obreiros neste desenvolvimento da arte da Talma! Para eles e para toda a equipa técnica que os acompanhou merecem os parabéns e de certeza que no fim sentiram o prazer do dever cumprido em prol da cultura vianense!

Esperemos que estes homens e mulheres que abdicam de muitas coisas, só para construir algo que nos delicia, continuem a  apresentar  trabalhos teatrais como este e que a entidades responsáveis tudo façam para que não lhes faltam condições para poderem desenvolver o seu trabalho!

Parabéns à Sociedade de Instrução e Recreio de Carreço e especialmente ao seu Grupo de Teatro. Um bem haja para todos!

{Texto de João Sousa}

Publicado por Carlos Gomes
28.01.2020
In: Blogue do Minho
AddThis Social Bookmark Button