Ano especial dedicado a São José

Ano de_Sao_joseA iniciativa assinala 150º aniversário da declaração como Padroeiro da Igreja Universal, evocando em particular migrantes e trabalhadores. No dia da Imaculada Conceição de 1870, o então Papa Pio IX, hoje Beato, instituiu o esposo de Maria como o Padroeiro da Igreja Católica.

No passado dia 08 de Dezembro do ano em curso, Solenidade da Imaculada Conceição da Virgem Santa Maria, para celebrar os 150 anos desta proclamação, o Papa Francisco anunciou um Ano Especial dedicado a São José, que viveremos até 08 de Dezembro de 2021.

Para o efeito, publicou a Carta Apostólica “Patris Corde” «Com coração de pai» em que descreve São José como “Pai amado, Pai na ternura, na obediência e no acolhimento; Pai com coragem criativa, trabalhador, sempre na sombra”. Na verdade, o Santo Padre convida a melhor conhecer e imitar “este servo fiel e prudente” que o Senhor escolheu para pai adoptivo do Seu Filho que, mesmo sem compreender tudo, tudo acolheu, assumindo um papel crucial no plano salvífico de Deus.

Por que a Igreja dedica anos a temas específicos?

A Igreja observa a passagem do tempo através do calendário litúrgico, que inclui feriados como a Páscoa e o Natal, e épocas como a Quaresma e o Advento. No entanto, os Papas podem reservar um tempo para reflectir mais profundamente sobre um aspecto específico do ensinamento ou crença católica.

Alguns temas que os Papas escolheram recentemente são: o Ano da Fé, o Ano da Eucaristia e o Ano do Jubileu da Misericórdia.

Durante o Ano de São José, a Igreja Católica concederá indulgências de acordo com uma série de condições estabelecidas pela Penitenciária Apostólica.

Para lucrar a indulgência plenária, devem ser satisfeitas as condições prescritas pela Igreja para este fim: confissão sacramental, comunhão eucarística e oração pelas intenções do Santo Padre.

As indulgências podem ser recebidas este ano por meio de mais de dezenas de orações e acções diferentes, incluindo rezar pelos desempregados, confiar a São José o trabalho diário, realizar uma obra de misericórdia corporal ou espiritual, ou meditar por pelo menos 30 minutos na oração do Pai-Nosso.

Ver Decreto da Penitenciaria Apostólica, a anunciar o “Ano de São José” com a respectiva concessão de “Indulgências especiais” e onde se propõe aos fiéis invocarem a ajuda deste santo, “chefe da Família de Nazaré, conforto e alívio das graves tribulações humanas e sociais que hoje atingem o mundo contemporâneo”. Clicar no Link: http://www.vatican.va/content/francesco/pt/events/event.dir.html/content/vaticanevents/pt/2020/12/8/letteraapostolica-patriscorde.html

AddThis Social Bookmark Button