JMJ 2023: Dias nas Dioceses

JMJ 23As comunidades católicas portuguesas vão acolher de 26 a 31 de julho de 2023 os “Dias nas Dioceses”, o encontro de jovens que decorre antes da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), em Lisboa, anunciou hoje a organização do evento.

Os jovens vão ter uma experiência eclesial de partilha de fé, do ser Igreja nas comunidades de acolhimento nos dias anteriores à JMJ Lisboa”, assinala uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Durante seis dias, os participantes dos “Dias nas Dioceses” vão conhecer a Igreja local, “com as suas especificidades, as pessoas e a região”.

Para esta semana está a ser preparado um programa com cinco pilares: Acolhimento, descoberta, missão, cultura e envio. Os jovens vão ficar alojados preferencialmente em casas de famílias nas paróquias de acolhimento e em instalações públicas”, indica a organização da JMJ.

Os “Dias na Diocese” vão realizar-se no Algarve, Angra, Aveiro, Beja, Braga, Bragança-Miranda, Coimbra, Évora, Funchal, Guarda, Lamego, Leiria-Fátima, Portalegre-Castelo Branco, Porto, Viana do Castelo, Vila Real e Viseu.

As dioceses vão oferecer a sua identidade religiosa e cultural, através de uma proposta criativa da sua realidade. Os movimentos juvenis, como parte da Igreja e das dinâmicas diocesanas, também são chamados a estar presentes e a dar o seu contributo, nesta experiência de acolhimento e partilha”, precisa o comunicado.

O evento é apresentado como “um caminho de preparação para os peregrinos e para as comunidades anfitriãs para a vivência da Jornada Mundial da Juventude em Lisboa”, que se realiza de 1 e 6 e agosto de 2023, e vai permitir o encontro de jovens de todo o mundo com o Papa.

A informação sobre os ‘Dias nas Dioceses’ pode ser pedida diretamente aos Comités Organizadores Diocesanos {COD} ou através do endereço eletrónico This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Lisboa é a primeira cidade portuguesa a acolher uma edição internacional da JMJ, um acontecimento religioso e cultural que reúne centenas de milhares de jovens de todo o mundo, durante cerca de uma semana.

O anúncio da escolha da capital portuguesa aconteceu a 27 de janeiro de 2019, no Panamá.

As JMJ nasceram por iniciativa do Papa João Paulo II, após o sucesso do encontro promovido em 1985, em Roma, no Ano Internacional da Juventude.

A primeira edição aconteceu em 1986, em Roma. A JMJ já passou pelas seguintes cidades: Buenos Aires (1987), Santiago de Compostela (1989), Czestochowa (1991), Denver (1993), Manila (1995), Paris (1997), Roma (2000), Toronto (2002), Colónia (2005), Sidney (2008), Madrid (2011), Rio de Janeiro (2013), Cracóvia (2016) e Panamá (2019).

Lisboa, 31 mar 2022 (Ecclesia)

Ver mensagem do Santo Padre para os jovens que se preparam para a Jornada Mundial da Juventude em Lisboa aqui: https://www.youtube.com/watch?v=NSeuJvhZ1cg

AddThis Social Bookmark Button