Nemátodo da madeira do pinheiro

nematodoA Junta de Freguesia de Carreço, informa toda a população do seguinte:

Em Janeiro de 2019, foi divulgado um Edital, proveniente do ICNF {Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas}, a notificar os proprietários a proceder ao corte da madeira de pinheiro infectada pelo nemátodo do pinheiro, no prazo de 15 dias. Findo esse prazo o ICNF procederia ao corte, substituindo-se aos proprietários.

Até à presente data o ICNF não procedeu ao referido corte. No entanto, no dia 25 de Junho de 2021, a Junta de Freguesia de Carreço foi informada que o ICNF iria proceder ao corte de todos os pinheiros secos e doentes a partir da passada segunda-feira, dia 28 de Junho de 2021, nos seguintes locais:

- Gândra {Sortes de Poente e Sortes de Nascente}, Cantinho, Lobagada, Fiodões {Teimonde}, Rocha, Espinhal e Leboreira.

Perante a referida informação, solicitamos a todos os proprietários que se mantenham atentos às suas parcelas e informem a Junta de Freguesia ou responsável do ICNF presente no local caso observem situações anómalas.

- Remoção de marcos e derrube de paredes;

- Circulação da maquinaria fora dos caminhos de acesso;

- Corte de madeira de outras espécies ou de pinheiros sãos:

O ICNF informou ainda que está disponível para entregar a madeira de determinada parcela ao proprietário da mesma, caso lhe seja solicitado.

Carreço, 26 de Junho de 2021

O NEMÁTODO DA MADEIRA DO PINHEIRO {NMP} é um verme microscópico do grupo das lombrigas considerado uma grave ameaça aos povoamentos de pinho, principalmente pinheiro bravo (Pinus pinaster Aiton), por ser um agente que causa a “doença da murchidão do pinheiro”. Este é considerado um dos organismos com maior potencial destrutivo para a floresta de coníferas, tendo sido detetado pela primeira vez em Portugal em 1999.

Atendendo aos seus potenciais impactos ao nível ecológico, económico e social, é considerado organismo prejudicial para a União Europeia e identificado, pela Organização Europeia e Mediterrânica para a Proteção das Plantas, como organismo de quarentena (Lista A1 da OEPP), existindo fortes restrições à circulação de plantas, material lenhoso, produtos e subprodutos das espécies hospedeiras do NMP.

Longicórnio do pinheiro (Inseto-vetor)

O nemátodo é transmitido às árvores por um inseto-vetor, o longicórnio do pinheiro. A dispersão do nemátodo está limitada ao período de voo do inseto, de Abril a Outubro.

Sintomas

- Amarelecimento e murchidão das agulhas (primeiro as mais antigas, estendendo-se gradualmente a toda a copa);

- Diminuição da produção de resina;

- Manutenção das agulhas mortas por período prolongado;

- Existência de ramos secos mais quebradiços que o habitual, levando à secura total da copa.

Como combater a doença?

O controlo do NMP faz-se sobretudo através de uma gestão ativa dos espaços florestais e que deverá passar por:

- Detetar e remover os pinheiros mortos ou com sintomas de declínio, preferencialmente no período de Novembro a Março de cada ano;

- Eliminar todos os sobrantes de exploração florestal;

- Controlar a população do inseto-vetor durante o seu período de voo (Abril a Outubro) por meio de armadilhas.

A quem compete a remoção das árvores e dos sobrantes?

Estas ações são da responsabilidade dos proprietários e constituem uma obrigação legal.

Esteja atento à legislação em vigor e potenciais apoios e informe-se antes de proceder a qualquer ação de exploração florestal.

Consulte a sua organização de produtores florestais ou o gabinete técnico florestal do seu município.

A solução está na prevenção!

- Árvores enfraquecidas favorecem a dispersão do nemátodo;

- Evite o transporte de material lenhoso no período de Abril a Outubro pois pode estar a espalhar a doença;

- Não conserve lenha de um ano para o outro;

- Mantenha o seu pinhal saudável.

- A doença do nemátodo da madeira do pinheiro leva sempre à morte das árvores, no entanto não se transmite diretamente de árvore a árvore, necessita do inseto-vetor.

- Tenha em atenção pois os sintomas associados a esta doença são comuns a outras pragas e doenças e o seu diagnóstico só é possível através de análise laboratorial!

AddThis Social Bookmark Button